A implantodontia é a especialidade que visa a reconstrução/substituição de um (ou mais) dente perdido por meio de um implante inserido no osso. Na arcada dentária, é colocado um pino que receberá a prótese. Mais que auxiliar a estética do indivíduo, trazendo mais confiança e autoestima, a implantodontia tem como função compensar as principais funções dos dentes, como mastigação e fala. O procedimento é realizado por um cirurgião-dentista após avaliação clínica e exames de imagem e de laboratório.

Para quem é indicado?

O implante dentário é indicado para pacientes que perderam precocemente ou removeram algum dente que não apresenta chance de recuperação. Neste caso, o implante dentário (pino de metal) assume o papel da raiz do dente, possibilitando a colocação da prótese. O procedimento é contraindicado para crianças e adolescentes (que ainda estão em fase de amadurecimento ósseo) e pacientes que necessitam de cuidados ou medicações para saúde dos ossos.

Como é feito o implante dentário?

Após avaliação do cirurgião-dentista, o paciente será encaminhado para uma série de exames de imagem e de laboratório. O procedimento é realizado no próprio consultório, com anestesia local, de forma simples e segura. Com aparelhos especiais, o cirurgião-dentista insere um pino de metal dentro do osso (onde ocorreu a perda do dente) e finaliza com alguns pontos. Caso o paciente tenha perdido parte ou total do osso, é necessário fazer um enxerto ósseo.

Quanto custa?

O valor do procedimento varia de acordo com o grau de complexidade e necessidade de cada paciente. Portanto é necessária a avaliação do cirurgião-dentista para definir o orçamento.

Menu
WhatsApp chat