Presente no organismo, o ácido hialurônico é uma substância que pode ser encontrada no organismo humano. Responsável por atuar como lubrificante e absorver choques em partes móveis do corpo (articulações), o ácido hialurônico também é importante para a hidratação da pele. Cerca de 56% do ácido encontrado no corpo humano está presente na pele. Sua presença previne o aparecimento de rugas e ressecamento.

Origem

O ácido hialurônico é usado para tratar as rugas e aumentar a viscosidade da pele, desde 1996. Podendo ser de origem animal (crista do galo) ou por biotecnologia (fermentação bacteriana), o ácido hialurônico passa por diversos procedimentos químicos até se tornar hialurato de sódio, que possui uma menor concentração de proteínas e de endotoxinas bacterianas. Após o processo de purificação o produto é finalizado em forma de gel, podendo ser aplicado diretamente na pele ou fazendo parte da composição química de cosméticos.

Tipos

  • Ácido hialurônico injetável: É utilizado em forma de gel à base de glicosaminoglicanas para preencher os déficits de volume no rosto e no corpo em regiões como olheiras, lábios, sulco nasogeniano (bigode chinês), cicatrizes profundas de acne, além de celulites e depressões corporais. Sua aplicação também pode ser feita para dar sustentação e definir as estruturas faciais, assim como método MD Codes.
  • Ácido hialurônico em creme ou séruns: Também tem como base glicosaminoglicanas e hidrata profundamente a pele ao entrar em contato. A explicação da hidratação profunda é a capacidade de atração das moléculas de água do ácido hialurônico. Possui efeito preenchedor, o que melhora a textura da pele e retarda o envelhecimento se usado regularmente.
    Antes e depois do ácido hialurônico.

O ácido hialurônico, quando aplicado na pele é de suavizar as rugas e remodelar o rosto para evidenciar os pontos de iluminação da pele. Veja abaixo os resultados.

Menu
WhatsApp chat